Reportagem Multimídia

O Largo Dois de Julho é um tradicional bairro de Salvador. Um lugar cosmopolita, histórico e por que não turístico? Esta é uma reportagem multimídia que pretende mostrar um “lado b” do Largo, como fazer turismo por aqui. Nessas páginas, você encontrará informações sobre a localização, as melhores coisas para fazer, entrevistas e fotos.

Vendedor de frutas no Dois de Julho

Para começar, é bom saber que o Dois de Julho se situa no centro da cidade de Salvador, Bahia, próximo ao Campo Grande, Piedade e Avenida Sete. É um bairro muito antigo, em uma região cobiçada com vista para a Baía de Todos os Santos. Nas suas ruas estreitas, existem alguns poucos edifícios modernos. A estrutura é marcada, principalmente,  por antigos casarões, alguns já restaurados, outros em degradação. Mas o poder da arquitetura como um patrimônio cultural ainda permanece de forma muito aparente.

Muito movimentadas por trabalhadores, moradores e comerciantes, as ruas do Largo possuem um colorido especial das barraquinhas de frutas. Além de uma pracinha muito simpática com um coreto coberto de buganviles roseados que dão um ar interiorano ao lugar. No Dois de Julho, não é difícil encontrar pessoas jogando damas e conversando nas calçadas, como em uma cidade pequena.

Coreto na Praça do Dois de Julho

 

Muitas das famílias moradoras do bairro são bastante antigas e tiverem suas propriedades passadas de geração a geração, como é o caso da Vila Operária Coração de Maria. Esse tradicionalismo convive com a circulação de muitos jovens, artistas e estrangeiros que também optam em morar no Dois de Julho, atraídos pelo seu caráter cultural, localização central e custos mais baixos de aluguel.

Pelas ruas desse bairro peculiar, já circularam Castro Alves, Gregório de Mattos e Glauber Rocha, símbolos da intelectualidade baiana. A cantora Maria Bethânia é até hoje proprietária de um dos casarões do Dois de Julho.

Pai e filho passeando pela Rua do Sodré, Dois de Julho

Pai e filho passeando pela Rua do Sodré, Dois de Julho

 

Visite nossas páginas e saiba mais informações sobre o  Dois de Julho.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Projeto Turismo Alternativo em Salvador- Dois de Julho